De acordo com a fisiologia humana, é impossível criar músculo em gordura, já que os dois são tecidos diferentes. O tecido adiposo (gordura) é encontrado debaixo da pele, entre os músculos e próximo à órgãos internos, como o coração, por exemplo! Já o tecido muscular (músculo) – está presente em toda a extensão do corpo.

Levantar peso (musculação, crossfit, dentre outros), ajuda a criar tecido muscular próximo ao tecido adiposo, porém, ele não substitui a gordura. Para perder gordura, o ideal é manter uma dieta saudável, com vegetais, grãos integrais, proteínas magras e gorduras boas, como as encontradas em peixes, no azeite e castanhas!

Desde que esteja disposto a seguir uma boa orientação de profissional credenciado e qualificado na área de educação física e um nutricionista, os resultados se tornarão aparentes de uma forma muito mais rápida!

* Keila Costa é personal trainner em Mirassol D'Oeste e atende na In Forma Academia.

Este exame de imagem é muito importante durante o acompanhamento do pré-natal. Muitas mulheres têm a dúvida de quantos exames deveriam realizar neste período. 

A recomendação é que para uma gestação normal deveriam ser realizados no mínimo quatro ultrassonografias. 

A primeira é muito importante para datar a gestação, ou seja, dizer com precisão quantas semanas a paciente tem de idade gestacional. Deve ser realizada o mais precoce possível. 

A segunda, não menos importante, deve ser a ultrassonografia morfológica do primeiro trimestre, realizada entre 12 e 14 semanas de gestação, onde podemos avaliar estruturas maternas e fetais afastando possíveis patologias. 

A terceira ultrassonografia é a morfológica de segundo trimestre, que deve ser realizada entre 18 a 28 semanas de idade gestacional. Essa é de suma importância para descartar malformações do feto e avaliar crescimento e desenvolvimento do bebê.

A quarta ultrassonografia também importante é a ultrassonografia com dopller com 36 semanas de gestação para avaliar a vitalidade fetal e a presença de possíveis complicações.

Lembrando que outras ultrassonografias podem ser solicitadas pelo seu médico de acordo com o quadro clínico da paciente, podendo ser necessário outros exames. por isso a importância do acompanhamento regular do pré-natal.

Converse sempre com seu médico e tire suas dúvidas. Nas próximas semanas vamos falar mais sobre cada tipo de ultrassonografia realizada no período gestacional.

* Paula Zimermann é especialista em saúde da família, atua na UBS Centro e atende ginecologia e ultrassom na Clínica Dr Arnaldo.

Ano após ano, muitas pessoas perguntam sobre como queimar gordura localizada em uma parte específica do corpo. Infelizmente, não é possível queimar gordura localizada especificamente desta maneira. A mídia (tv, revistas, Youtube, Facebook, Instagram, blogs, etc...), bombardeiam o tempo todo a venda dessa ideia que não pode ser comprovada cientificamente.

Quando pessoas se exercitam, ocorre essencialmente duas ações separadas: a primeira durante o exercício, e a outra depois do exercício. Vamos falar um pouquinho o que acontece depois dos exercícios: os níveis de glicogênio dos músculos caem e o corpo pega qualquer açúcar presente no sangue (glicose) e o converte em glicogênio (processado pelo fígado) e assim que os níveis de glicose do sangue caem, o corpo começa a desmanchar as reservas disponíveis. O hormônio glucagon é liberado do pâncreas para acionar essa reação.

Isso não inclui apenas as células adiposas, mas também os tecidos musculares! Assim, nada melhor que uma dieta equilibrada para contribuir corretamente com as necessidades e com isso direcionar o corpo para utilizar as reservas de gordura e não de músculos!

Logo, conclui-se simplesmente que não existe isso de queimar gordura localizada. Não se deixando esquecer, seja sempre orientado por um profissional qualificado e credenciado!

* Keila Costa é personal trainner em Mirassol D'Oeste e atende na In Forma Academia.

Últimas notícias

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde