Coletores de lixo de Mirassol exercem a função em meio a tempestade

No fim da tarde de sexta-feira (01/02), Mirassol do Oeste foi atingida por forte chuva, que em alguns momentos chegou a alagar pontos isolados das principais avenidas da cidade. Enquanto a população buscava abrigo em suas casas ou locais de trabalho, chamou a atenção de uma comerciante o fato de que, apesar das enxurradas que se formavam, o serviço de coleta de lixo seguia normalmente.

Ela relatou que mesmo naquelas condições, os coletores exerciam seu papel de forma alegre, carregando sempre um sorriso no rosto! Agiam como aqueles que têm consciência da importância do trabalho que desenvolvem. "Esses meninos de ouro não param. São pessoas humildes e trabalhadoras que sempre estão sorrindo e de bem com a vida. A vocês meus parabéns", declarou a comerciante.

Procurada pela reportagem do Mirassol Urgente, um dos coletores, o Sr. Paulo Sérgio, falou sobre o dia a dia da profissão. Segundo ele, a rotina de trabalho é dura, começando às 16h e seguindo ate às 23h, de segunda a sexta-feira. Mas mesmo assim se sente satisfeito, pois recebe o carinho da população por onde passa, em especial das crianças.

"Somos funcionários de uma empresa terceirizada, contratada pela prefeitura. A prefeitura nos fornece todo equipamento de proteção individual, mas o salário, de pouco mais de mil reais, é repassado pela empresa. O que faz valer a pena é saber que nosso trabalho traz benefícios para a população."

Por certo, o serviço de coleta de lixos auxilia não só na higienização urbana como também é um elemento decisivo na prevenção de doenças e manutenção da saúde da população. Um belo exemplo de quem faz um serviço grandioso, sem fazer questão de receber aplausos. Ainda que mais que merecidos!

 

 

DESTAQUES DO DIA

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde