Os dois pilotos que desapareceram após queda de um avião de pequeno porte na Serra do Mangaval (a 150 km de Cuiabá), na última sexta-feira (30), foram encontrados nesta terça-feira (04) pela equipes de resgate. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O piloto John Venera e o co-piloto Marcelo Balestrin foram encontrados vivos e estão conscientes. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está de prontidão no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, para a chegada dos pilotos. De lá, eles seguem direto para o hospital.

Eles foram encontrados pela Força Aérea Brasileira (FAB). Ainda não há informações sobre as circunstancias do resgate e nem detalhes do real estado de saúde dos dois.

A aeronave partiu de Pimenta Bueno (RO) com destino a Santo Antônio de Leverger (MT), mas desapareceu quando sobrevoava a região da Serra do Mangaval, nas proximidades de Cáceres.

Aeronave da FAB auxilia nas buscas no Pantanal, em Mato Grosso — Foto: FAB/Divulgação

O Centro Integrando de Operações Aéreas (Ciopaer) iniciou, neste sábado (1º), buscas por dois tripulantes de uma aeronave que desapareceu na região do Pantanal em Mato Grosso. Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT), socorristas foram levados para a região onde a aeronave sumiu.

O desaparecimento, segundo a Sesp, foi registrado na noite da sexta-feira (30). As identidades dos tripulantes não foram divulgadas.

Além dos socorristas, militares da Força Aérea Brasileira (FAB) devem se deslocar para o local e acompanhar as buscas.

As buscas se concentram na Serra do Mangaval, que fica a 150 km de Cuiabá, segundo a Sesp-MT. O avião teria saído de de Pimenta Bueno (RO).

De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro, a aeronave, que tem prefixo PT-ICN e modelo Skylane, estava interditada.

O bebê de 10 meses que se afogou na piscina da casa onde mora com família, no Bairro Jardim Universitário, em Cuiabá, morreu, na tarde desta quarta-feira (29), no pronto-socorro.

A criança estava internada em uma Unidade de Terapita Intensiva (UTI), depois de ter sido reanimada por familiares e pelo Corpo de Bombeiros, logo após o afogamento.

A notícia da morte foi confirmada pela assessoria do Pronto-Socorro de Cuiabá.

De acordo com os bombeiros, a equipe de plantão recebeu um chamado, na quarta-feira (28), por volta das 18h, informando que uma criança havia se afogado.

Ao chegar no local, os socorristas viram que um tio da criança tentava reanimá-la. Os bombeiros também fizeram a reanimação e conseguiram restabelecer os sinais vitais.

O processo de socorro durou cerca de 2 horas.

Depois da chegada dos socorristas e de ter sido reanimado, o bebê foi encaminhado para o PSMC, onde ficou internado.

O fato
A família relatou à Polícia Militar que o menino andava pelos cômodos engatinhando na companhia da avó e de outra moradora. Em um momento de desatenção, o menino se afastou e foi até a cozinha.

A porta da cozinha estava aberta e a bebê engatinhou até o quintal, nos fundos da casa, onde caiu na piscina.

Os moradores sentiram falta do menino e começaram a procurá-lo pela casa. Ao encontrá-lo na piscina, a avó o retirou às pressas.

Gazin - Aniversário - 02

Últimas notícias

Gazin - Aniversário - 03
O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde