Um homem, identificado como A.N.F., vulgo “Verdão”, foi preso no final da tarde deste sábado (3) após invadir uma residência e tentar estuprar uma mulher, no Distrito do Caramujo, em Cáceres (a 219 km de Cuiabá). O suspeito ainda teria ameaçado a vítima de morte e atacado os policiais no momento da prisão.

Segundo informações da PM, por volta da 17h de ontem uma equipe fazia rondas pelo Distrito do Caramujo quando foi acionada por uma mulher, que relatou que “Verdão” havia entrado em sua residência e tentado estuprar sua nora.

A vítima estaria dormindo em um quarto e o suspeito tentou agarrá-la para beijá-la contra sua vontade. A mulher sentiu o hálito de bebida alcoólica e conseguiu se desvencilhar do homem. O homem foi embora, mas voltou momentos depois ameaçando-a, dizendo que se contasse à polícia ele iria matá-la.

O suspeito então começou a xingar a mulher e em seguida foi embora. Os policiais então foram até a casa do suspeito e o chamaram para conversar. O homem abriu a porta e disse que não iria conversar e que não iria preso de jeito nenhum.

Ele então correu para os fundos da residência, desobedecendo as ordens da polícia, e começou a ameaçar os militares. Os policiais continuaram o diálogo com o suspeito, e após um tempo ele teria partido para cima de um sargento, com o intuito de agredi-lo.

Os militares efetuaram disparos ao solo, na tentativa de conter o homem, mas ele não parou e pegou um tijolo para arremessar contra a equipe da PM. Um dos policiais então efetuou um disparo de bala de borracha na coxa esquerda do suspeito, o que fez com que ele encostasse no muro.

Ele ainda tentou resistir à prisão, no momento em que era algemado, dizendo que ninguém iria prendê-lo, ameaçou os policiais de morte e feriu um deles. Os militares chamaram uma equipe da Força Tática para prestar apoio, mas o homem continuou resistindo até que, com uso de força, foi contido. Ele então foi encaminhado à delegacia.

 

 

Últimas notícias

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde