Em Mirassol, quadrilha invade agência bancária e leva armas e munições

A Polícia Militar prendeu nesta segunda feira (3), três pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha de assalto a banco no município de Mirassol d'Oeste, a 300 km a Oeste de Cuiabá. Outras cinco pessoas, da mesma quadrilha, também foram presas durante tentativa de fuga ao passar em um posto da Polícia Rodoviária Federal.

Os suspeitos invadiram a agência bancária da cidade e furtaram um cofre contendo armas e munições. Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, o gerente do banco percebeu que a central de monitoramento foi desligada, e rapidamente entrou em contato com a guarnição.

De imediato a guarnição se deslocaram para o local e percebeu a movimentação criminosa. Segundo a polícia, uma mulher loira identificada como Elisângela de Oliveira Preza, de 36 anos, avistou a viatura e se escondeu atrás de um caminhão.

Ao abordá-la, os agentes a interrogaram, e ela entrou em contradição na conversa. Em seguida, uma segunda mulher identificada como Ana Carolina Gomes Bueno, de 20 anos, apareceu e também foi abordada se contradizendo.

Por fim, as mulheres acabaram confessando que faziam parte da quadrilha e que tinham como função monitorar a chegada da polícia, enquanto cinco dos bandidos faziam o roubo na agência. Elisângela informou ainda que outro comparsa identificado como Rodolfo José Souza de Oliveira, de 24 anos, dava apoio ao crime em um Ford Fiesta.

Mediante a confissão, os militares entraram no banco para fazer a abordagem, mas os bandidos já haviam fugidos. No interior da agência os PMS perceberam que a quadrilha arrombou o cofre onde os vigilantes guardavam as armas de fogo, sendo furtados dois revolver cal. 38 e 22 munições cal. 38.

Em outra sala da agência os militares encontraram furadeira, lixadeira, e vários discos de cortes, além de luvas. Segundo a polícia, os bandidos conseguiram entrar pelo forro com a ajuda de uma escada. Nenhuma quantia em dinheiro foi levada da agência, apenas armas e munições, e não foram recuperadas.

Com a prisão dos três envolvidos, a Polícia Militar pediu reforço a PRF para encontrar os outros bandidos, rapidamente os federais conseguiram interceptar a outra parte do bando durante a fuga. Os nomes ainda não foram divulgados a imprensa.

DESTAQUES DO DIA

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde