Um adolescente de 17 anos foi assassinado com tiros na cabeça na noite deste domingo, nas proximidades da Praça da Lagoa do Interlagos, no município de Mirassol D’Oeste (288 km de Cuiabá-MT).

Testemunhas contaram, segundo o boletim de ocorrência, que um suspeito teria se aproximado e efetuado alguns disparos contra o jovem. A vítima ainda tentou fugir e correu por alguns metros na tentativa de escapar do criminoso.

No entanto, o atirador se aproximou novamente do rapaz e desferiu mais dois tiros na cabeça do menor.

Uma ambulância foi chamada para socorrer a vítima. No entanto, ao chegar no local informado, a equipe médica constatou o óbito do jovem.

A guarnição da Polícia Militar isolou a área até a chegada de profissionais da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec), que coletaram provas e fizeram os primeiros trabalhos de apuração.

O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). O bandido fugiu em uma motocicleta logo após o crime e não foi encontrado até o momento.

A Polícia Civil investiga a autoria e a motivação do caso.

O corpo de uma mulher foi encontrado em decomposição no final da tarde desse domingo (20) na zona rural de Mirassol D'Oeste, município a 329 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, a vítima apresenta uma perfuração na cabeça. Ela não tinha documentos de identidade.

De acordo com a Polícia Militar, uma pessoa encontrou o corpo por volta de 17h40 (horário de Mato Grosso) na estrada do Jabuti.

A Polícia Civil foi chamada e foi até o local onde o cadáver foi encontrado.

O corpo apresentava um sinal de perfuração na cabeça. A vítima foi retirada do local e enviado ao Instituto Médico Legal (IML) de Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Exames devem revelar a identidade da vítima.

Na noite desta terça-feira (27.08), policiais militares de Mirassol D’Oeste (a 300 quilômetros de Cuiabá) prenderam um homem identificado pelas iniciais A.P.S, 31, por ameaça e intimidação.

De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito ameaçava e intimidava vizinhos no bairro Alto do Boa Vista, com uma arma de fogo na cintura.

Quando a guarnição chegou encontrou o suspeito em sua casa e durante busca no imóvel encontraram o simulacro tipo pistola, escondido em uma bolsa.

O homem foi encaminhado à delegacia para as devidas providências.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Últimas notícias

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde