Acidentes de trânsito mataram mais de 500 pessoas em Mato Grosso

Voyage na contramão atingiu moto e carro na Avenida da Feb em Várzea Grande — Foto: Corpo de Bombeiros de Mato Grosso/Assessoria

Mais de 500 pessoas morreram em acidentes de trânsito entre os meses de janeiro e outubro, em Mato Grosso, segundo o relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre segurança viária. De acordo com a Polícia Militar, as principais causas de acidentes são embriaguez e excesso de velocidade.

Um dos acidentes registrados nesse período ocorreu na madrugada do dia 28 de outubro, na Avenida da Feb, Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e matou duas pessoas. O carro que causou o acidente seguia na contramão.

Imagens registradas por câmeras de segurança mostram o carro de passeio na contramão. O veículo seguiu por 4 km até atingir uma motocicleta, ferindo duas pessoas, e colidir com outro veículo, causando a morte de Airton Batista da Silva e Rosilda Batista da Silva.

“Eu quero que eles respondam pelo ocorrido. Não apenas ele, mas o estado também, porque na Avenida da Feb não foi o primeiro acidente e nem vai ser o último, está uma calamidade”, disse o filho de Rosilda, Nilson Batista.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 518 pessoas morreram no estado por acidentes de trânsito.

De acordo com o relatório, as principais causas de mortes no trânsito são o excesso de velocidade, dirigir sob efeito de álcool, falta do uso do cinto de segurança, condições das estradas, além da imprudência dos motoristas.

A Polícia Militar realiza operações de fiscalização nos finais de semana e durante os feriados, no entanto, segundo o comandante do Batalhão de trânsito, Kleber Paulo e Silva, apenas a conscientização dos motoristas é capaz de reduzir os índices de acidentes nas estradas.

“Tem um índice enorme de mortes envolvendo veículos quanto motocicletas, com inúmeros fatores como imprudência, pressa excessiva e bebida alcoólica, então temos que conscientizar nossos motoristas”, disse.

 

Policiais militares salvam mulher de suicídio

Uma mulher de 27 anos tentou se matar após uma desavença conjugal na noite de quarta-feira (12.12), em Guarantã do Norte, na frente dos quatro filhos menores. Ela teria aproveitado a ausência do marido e se pendurado em uma corda. As crianças entraram em pânico e os gritos chamaram a atenção dos vizinhos que acionaram o número emergencial 190.

"Salve minha mãe, salve minha mãe", gritavam. A PM da 13ª Cia chegou a tempo no endereço, arrombou a porta e conseguiu salvar a mulher que já estava com o corpo imóvel.

A vítima J.L.A, 27 anos, estava pendurada por uma corda que se encontrava amarrada em uma viga. Com o auxílio de um canivete os militares cortaram a corda e seguraram a mulher colocando-a em lugar seguro, que depois de alguns segundos foi recuperando a consciência.

"Foi uma ocorrência atípica, pelas crianças estarem ali e a gente ver o desespero delas. Assim que colocamos a mulher sobre o sofá, elas correram para nos abraçar", frisou o soldado Elenor Rudenas, que atendia a ocorrência juntamente com o soldado Jhonatan dos Santos.

Rudenas está há quase 8 anos na PMMT, já atendeu situações do tipo, mas em que a pessoa não sobreviveu. No entanto, para ele, esta foi a experiência mais marcante de sua vida, devido as circunstâncias descritas.

Equipes do Corpo de Bombeiros também foram chamadas, assim como o Conselho Tutelar e logo chegou o esposo da vítima.

Ele disse ter se ausentado devido problemas conjugais.

A vítima foi conduzida para o hospital municipal Nossa Senhora do Rosário para receber atendimento médico e o Conselho Tutelar auxiliou as crianças.

Avô e neta morrem ao capotar carro na BR 070

Uma criança de 10 anos e um idoso de 63 anos morreram e outra criança e uma mulher ficaram feridas em acidente que ocorreu por volta das 12h desta quarta-feira (12) na BR-070 no município de Poconé (MT). Segundo PRF o acidente aconteceu após o motorista perder o controle do carro ao realizar ultrapassagem e veio a capotar.

As vítimas foram identificadas como José Pereira Oliveira, de 63 anos (Morto), Eva Maria de Oliveira, 58 anos (Lesões leves), e as crianças que são netas do casal, sendo T. S. O., de 10 anos (Morto), e K. I. S. O., de 13 anos (Lesões leves).

O condutor José Pereira Oliveira, de 63 anos, dirigia um veículo Chevrolet Corsa Classic, placas NCZ 0455, quando no KM 637 nas proximidades do córrego Sangradouro veio a perder o controle do veículo e capotou.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal foi ao local e acionou a perícia e Corpo de Bombeiros.

Página 1 de 5

DESTAQUES DO DIA

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde