Diante do agravamento da situação de um trecho da Rua Vicente Bezerra Neto e, em razão da demora do poder público em solucionar o problema, uma moradora do Bairro Interlagos decidiu agir por conta própria.

Ela informou à reportagem que pediu a um caminhão, que trabalha com o descarte de entulhos, para que despejasse sua carga nos buracos presentes na via urbana.

Agora, a população está se reunindo para, em regime de mutirão, espalhar os resíduos de material de construção, com o objeto de melhorar as condições de tráfego e tapar os buracos que já tornam a rua intransitável.

Segundo ela, já fazem três meses que a Prefeitura esteve  no local, esparramando a terra; mas o trabalho realizado foi seguido por uma forte chuva, que aumentou ainda mais o problema, que permanece  sem solução. Enquanto isto, moradores convivem com dificuldades para sair de casa e com o risco contante de danos em seus veículos. 


 [ NÃO RESOLVIDO ]
O problema foi resolvido? Avise o Mirassol Urgente!

A falta de manutenção periódica nas proximidades da esquina entre a Rua Nilo Coelho e a Rua das Primaveras, no Bairro Interlagos, fez com que um morador manifestasse sua indignação com o poder público por meio de suas redes sociais. Por meio de imagens, ele mostrou a situação do local.

Segundo o morador, a garagem do vizinho já encontra-se sem uso, devido à impossibilidade de entrar com veículos na garagem e teme que sua própria garagem venha a chegar na mesma situação.

Inconformado, agradeceu em tom de ironia à gestão municipal: "Obrigado aos gestores pela falta de compromisso com o povo pagador de impostos. Creio que não haveria necessidade de estar postando vídeos dessa natureza, mas já são meses que isso está desse desse jeito, aí vai a minha indignação. Chega de promessas não cumpridas. Manter ruas transitáveis isso é o mínimo que o povo merece," declarou.

Nas imagens é possível ver, ainda, mato na via urbana e em lotes próximos, o que aumenta as chances de proliferação de doenças e serve de criadouro para o mosquito da dengue. Caso o problema venha a ser resolvido, o Mirassol Urgente divulgará nova matéria, com a solução adotada pela municipalidade.

Para ver o vídeo original, publicado pelo morador, clique sobre a imagem que ilustra a matéria.


 [ NÃO RESOLVIDO ]
O problema foi resolvido? Avise o Mirassol Urgente!

Há poucas semanas do fim do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral para o cadastramento biométrico, mais de dez mil eleitores de Mirassol D'Oeste ainda não foram até o cartório e, caso não compareçam, terão o título cancelado. Considerando o total de 19.700 eleitores no município, isto significa que, se houvessem eleições hoje, somente 9.700  eleitores estariam autorizados a votar.

Em razão disso, desde o último dia 13 de fevereiro, o Cartório Eleitoral de Mirassol D’Oeste passou a atender em horário ampliado. O atendimento ao eleitor está acontecendo das 07h às 19h, de segunda a sexta-feira e visa aumentar o número de eleitores cadastrados por dia, ao mesmo tempo em que facilita para cidadão o acesso a revisão biométrica, que é obrigatória.

O eleitor que não fizer o cadastramento biométrico terá o seu título de eleitor cancelado. O Cartório Eleitoral de Mirassol D'Oeste divulgou uma lista com perguntas e respostas, para esclarecer a população sobre o procedimento. Confira a seguir!

Quem deve comparecer ao Cartório Eleitoral?
Resposta: Todo eleitor de Mirassol D’Oeste que ainda não fez o cadastramento biométrico.

Quando termina o prazo?
Resposta: Em 29 de março é o último dia. Eleitores que deixarem para os últimos dias enfrentarão longas filas.

Qual o horário de atendimento do Cartório?
Resposta: Das 07h às 19h.

Quais documentos levar?
Resposta: Um documento oficial de identificação (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei) – EM ORIGINAL. - Comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, ou outro documento hábil a comprovar o domicílio.

O que vai acontecer com o eleitor que não fizer o cadastramento biométrico?
Resposta: Terá seu título de eleitor cancelado e consequentemente não poderá votar ou ser votado e nem conseguir certidão de quitação eleitoral.

Últimas notícias

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde