Uma idosa de 66 anos, moradora de Mirassol D'Oeste, passou por constrangimento enquanto aguardada para embarcar no Terminal Rodoviário de Mirassol D'Oeste - MT. Segundo informações prestadas pela Sra. Cleide Gonzava da Silva, filha da idosa, ela precisou utilizar o banheiro das dependências do local quando foi informada de que não havia nenhum disponível, pois ambos estavam interditados.

Ela alega que ao tentar obter informações com funcionários da rodoviária, foi informada de que as chaves dos banheiros estavam de posse de outra funcionária que não estava no local e teria recebido como resposta, em tom rude, que "se estava trancado, é porque não era pra utilizar".

A idosa, então, que tem saúde frágil em razão de um AVC, se viu obrigada a realizar o pagamento de uma corrida de táxi, no valor de R$ 20,00 até um hotel próximo, para que pudesse ter acesso a um banheiro. O valor depois foi devolvido pelo taxista que, comovido, disse se sensibilizar com a situação.

O detalhe é que a idosa havia realizado o pagamento da Taxa de Embarque, cobrança instituída pela municipalidade para fazer frente às despesas com a manutenção do local e que, embora arrecadado, não havia sido aplicado de forma a evitar a situação.

A moradora chegou a publicar um vídeo em suas redes sociais, mostrando a situação precária da Rodoviária, na tentativa de chamar a atenção para o problema. "Não tenho a intenção de prejudicar ninguém, mas gostaria que nossos direitos fossem respeitados, já que pagamos para ter acesso a estes serviços", desabafou. 

 


 [ RESOLVIDO ]
O problema foi resolvido pelo órgão responsável.

 

 

Gazin - Aniversário - 03

Últimas notícias

O que é Urgente, não pode esperar! Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba alertas de notícias.
Entrar Mais tarde