Especialista em onça é contra remoção do animal do centro de Cáceres
O doutor em Ecologia pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Fernando Tortato, que é especi...
Boliviano morre em acidente em Cáceres
Na manhã desta quarta feira, 18/07, por volta das 07h00, Investigadores de plantão na 1DP de Cáceres...
Mulher de Eduardo Cunha é condenada a 2 anos e 6 meses
TerraA mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, foi condenada a dois anos e 6 meses pelo T...
Mulher é presa suspeita de torturar, abusar sexualmente e manter em cárcere um adolescente de 16 anos
G1Uma mulher de 33 anos, que não teve o nome divulgado, foi presa nesta quarta-feira (18), em Itumbi...
Time Salesiano de Cáceres conquista posição de destaque no Campeonato de Cosmópolis - SP
O Time Salesiano de Cáceres está superando as expectativas no Futebol Amador. Em recente torneio na ...
Polícia Civil de Mirassol D’Oeste abre seleção para estudantes de Direito
O estágio é de natureza não remunerada e sem vínculo empregatício de qualquer natureza com a Institu...
Especialista em onça é contra remoção do animal do...
Boliviano morre em acidente em Cáceres
Mulher de Eduardo Cunha é condenada a 2 anos e 6 m...
Mulher é presa suspeita de torturar, abusar sexual...
Time Salesiano de Cáceres conquista posição de des...
Polícia Civil de Mirassol D’Oeste abre seleção par...

Com base em denúncia recebida, polícia montou uma barreira na BR-364 e prendeu casal. Eles estavam retornando de viagem ao Paraguai.

Um casal foi preso na noite desse domingo (8) em São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá, com munições contrabandeadas do Paraguai. A Polícia Civil de Jaciara, a 142 km da capital, informou que Francisco de Assis Alli Franklin, de 53 anos, e Salete Schmitz Schneider, de 41, já estavam sendo monitorados pela polícia. A reportagem do G1 não localizou a defesa deles.

A polícia disse ter recebido uma denúncia de que eles estavam retornando do Paraguai. Com base nisso, foi montada uma barreira na BR-364, onde eles foram presos.

A mãe do suspeito, de 75 anos, que estava no veículo também foi conduzida à delegacia, até a vistoria completa n o veículo. Ela, no entanto, é considerada testemunha do crime.

No carro em que eles estavam, foram encontradas várias caixas contendo munições, inclusive de uso restrito, que estavam no porta-malas e no porta-luvas.

Conforme a Polícia Civil, o casal contrabandeava munições adquiridas no Paraguai e as revendiam em Jaciara.

Com os suspeitos, a polícia ainda encontrou as notas fiscais das mercadorias.

Os policiais também foram até a casa de Salete, onde encontraram uma espingarda de pressão, adaptada para calibre 22, e na residência da mãe de Francisco de Assis, e dois cartuchos calibre 20. Os objetos foram apreendidos.

Por: G1 / MT

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook