Prefeitura de Mirassol D'Oeste divulga resultado preliminar de seleção para Engenheiro Civil e Arquiteto-Urbanista
O objetivo é contratar dois profissionais, em caráter temporário a fim de suprir as necessidades do ...
Três suspeitos são presos em barraca de verduras usada para jogo do bicho
Militares do 4° Batalhão de Polícia Militar de Várzea Grande, conduziram três suspeitos de envolvime...
Sargento pula de carro em movimento; nada em rio e escapa da morte em Cuiabá
Militar foi rendido por criminosos ao chegar em casa no Recanto dos Pássaros Um sargento do Corpo d...
Governadora do Rotary Club visita prefeito de Mirassol D'Oeste
Considerando a relevância dos serviços prestados pelo Rotary no município de Mirassol D´Oeste, o pre...
TJ condena instituição de Mirassol por não acolher menor
Por decisão unânime, a Terceira Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso desp...
Obra mal planejada deixa crianças sem creche em Mirassol D’Oeste
Entre os dias 10 e 11 de outubro de 2018, estiveram em nosso município, técnicos da Associação dos M...
Prefeitura de Mirassol D'Oeste divulga resultado p...
Três suspeitos são presos em barraca de verduras u...
Sargento pula de carro em movimento; nada em rio e...
Governadora do Rotary Club visita prefeito de Mira...
TJ condena instituição de Mirassol por não acolher...
Obra mal planejada deixa crianças sem creche em Mi...

Luana foi reconhecida por uma guarnição da Polícia Militar que passava pelo local. A jovem foi encaminhada ao hospital Santa Rosa para fazer exames.

A jovem Luana Girotto de Melin de 15 anos que estava desaparecida desde o final da manhã desta quarta-feira (14) foi localizada por volta das 19h nas proximidades do Supermercado Comper, na avenida Fernando Corrêa. Ela teria sido encontrada há pouco "jogada no chão e grogue", segundo informou o pai da jovem,Wilson Melin, ao LIVRE.

“Achei ela jogada no mato, próximo da Fernando Corrêa, ali próximo do Comper. Aparentemente está com dor na perna, ela está toda suja, toda grogue...”, informou o pai da menina.

Luana foi reconhecida por uma guarnição da Polícia Militar que passava pelo local. A jovem foi encaminhada ao hospital Santa Rosa para fazer exames. Segundo o pai de Luana, a menina reclamou bastante de dores nas pernas quando foi encontrada por ele. Wilson não chegou a responder o motivo do desaparecimento da jovem.

O caso

A jovem saiu do Colégio Isaac Newton no fim da aula por volta das 11h30 da manhã. Ela ligou para o pai avisando que sozinha para casa porque a amiga com quem dividia Uber não foi até a escola nesta quarta. O pai estranhou a demora da filha e descobriu que o telefone dela estava desligado desde às 11h50.

“Todos os dias ela divide o valor do uber com uma amiga. Por volta das 11h30 ela me ligou dizendo que iria sozinha já que ela havia faltado hoje. Pedi a ela que me ligasse quando chegasse em casa e até agora não retornou e não deu notícias”, contou Wilson.

Luana e a família moram no Centro de Várzea Grande. O pai registrou a ocorrência na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Wilson disse que todos os colegas ajudaram nas buscas de Luana. “Um dos colegas, disse que viu quando ela saiu da escola. Normalmente, quando estão sem internet pedem para um ou outro contatar um Uber”, diz.

Nem a polícia nem os familiares de Luana explicaram o motivo do desaparecimento da jovem, que durou mais de nove horas.

Por: O Livre

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook