Vítima de sequestro no Distrito Federal é resgatada em sítio em Mato Grosso

Divulgação/PCDF
Sítio onde a vítima ficou sob custódia durante uma semana fica a quase 1,5 mil quilômetros do DF.

Um homem sequestrado em Samambaia em 6 de março foi resgatado na tarde de terça-feira (13). Uma ação conjunta envolvendo quatro unidades policiais diferentes localizou a vítima em um cativeiro em Porto Esperidião (MT). O município fica a quase 1,5 mil quilômetros do Distrito Federal e faz fronteira com a Bolívia. Três suspeitos foram presos.

A operação envolveu a Polícia Civil do DF, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Federal e a Polícia Militar do MT. O Grupo Especial de Fronteira (Gefron), da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso, também participou da ação.

Os três suspeitos de sequestrar o homem foram localizados dentro do cativeiro, afirmou a Polícia Civil do DF. O local é um sítio na região de Vila Pedro Neca, dentro do município de Porto Esperidião. Lá, os policiais encontraram uma picape e R$ 100 mil. Os investigadores suspeitam que esse valor seria pago aos sequestradores para o resgate da vítima.

Envolvidos presos em sitio em Porto Esperidião

A Polícia Civil informou que os três suspeitos e os objetos apreendidos serão levados ao Distrito Federal, onde se concentram as investigações sobre o sequestro. Até a última atualização desta reportagem, não havia informação sobre os motivos do crime.

Investigação interestadual

Os investigadores chegaram ao cativeiro após apurarem que o morador de Samambaia havia sido levado à área rural de Porto Esperidião. A partir daí, as investigações se estenderam para outros municípios mato-grossenses.

Apenas em Cáceres, a quase 200 quilômetros de Porto Esperidião, os policiais encontraram uma pessoa ligada a vítima. Os investigadores observaram que ele, que supostamente pagaria o resgate, fazia contato com os suspeitos. Segundo a PCDF, os investigados eram conhecidos da polícia mato-grossense por suposto envolvimento com tráfico de drogas.

Ação à luz do dia

Câmeras de segurança gravaram o momento em que uma família foi cercada por assaltantes em Samambaia, no Distrito Federal  (veja vídeo abaixo). Os suspeitos agiram quando uma mulher tentava colocar a filha no banco de trás de um veículo.

Durante a ação dos criminosos, a vítima conseguiu retirar a criança do carro e se afastar. No entanto, um homem que estava na condução do automóvel foi agredido. Testemunhas disseram que os suspeitos fugiram pela BR-060.

Os assaltantes tiraram o motorista do carro, o jogaram no chão e, depois, o colocaram em um outro veículo. As imagens também mostraram que ele ainda tentou correr. O caso foi registrado na 26ª Delegacia de Polícia, em Samambaia Norte.

Por: G1/DF