Nova rede do SAEMI irá melhorar abastecimento de água nos bairros Parque Morumbi II e III
Entrega da nova rede está prevista para o mês de setembro.  A equipe de expansão do Serviço Autônom...
Advogado oferece orientação jurídica gratuita a população carente
"Todo advogado tem a missão de ajudar a comunidade em que atua. Por isto, deve atuar também em favor...
PM de Mirassol D'Oeste apreende Hilux, após vistoriador da Ciretran constar que o motor estava cadastrado em veículo furtado
A apreensão ocorreu na tarde desta segunda-feira, 13, por volta das 17:50hs, durante uma vistoria La...
Mirassol D'Oeste: Prefeito convida população para audiência pública da Lei Orçamentária Anual 2019
A prefeitura municipal de Mirassol D’Oeste convida a população a participar da Audiência Pública par...
PROMOTOR NOTA DEZ: Em Mirassol, Justiça acata pedido do MPE e manda Estado e Detran dinheiro para reformar Ciretran
Crédito: IlustraçãoA Justiça acatou o pedido do Ministério Público Estadual e determinou que o Estad...
POLÊMICA: Concurso da PM do Paraná cobra 'masculinidade'
G1O concurso para cadetes da Polícia Militar do Paraná tem a masculinidade entre os 72 critérios de ...
Nova rede do SAEMI irá melhorar abastecimento de á...
Advogado oferece orientação jurídica gratuita a po...
PM de Mirassol D'Oeste apreende Hilux, após vistor...
Mirassol D'Oeste: Prefeito convida população para ...
PROMOTOR NOTA DEZ: Em Mirassol, Justiça acata pedi...
POLÊMICA: Concurso da PM do Paraná cobra 'masculin...

Michael Dhefferson Borges, de 19 anos, foi detido por policiais rodoviários em Várzea Grande

O estudante de Engenharia Civil da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Michael Dhefferson Borges, de 19 anos, dado como desaparecido desde a última sexta-feira (19), na verdade, está preso no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) - antiga Cadeia Pública do Carumbé - pelo crime de abuso sexual.

O desaparecimento do jovem foi comunicado à Polícia Civil no domingo (21). Segundo boletim de ocorrência, o estudante sumiu quando voltava de Rondônia, depois de passar o período de férias com a mãe.

Michael Borges, no entanto, foi preso dentro do ônibus por policiais rodoviários federais, acusado de abusar de uma passageira.

À polícia, a vítima – que tem 23 anos – relatou que foi tocada no seio pelo jovem que estava sentado na poltrona atrás da que ela ocupava, passando a mão entre a janela e o assento.

O motorista foi informado da situação e parou o veículo no posto da PRF, em Várzea Grande. Os policiais entraram no ônibus e prenderam o jovem em flagrante.

Conforme a Secretaria de Estado de Direitos Humanos (Sejudh), Michael Borges passou por uma audiência de custódia na cidade e teve a prisão em flagrante convertida para preventiva.

Ele foi encaminhado para o CRC no sábado (20).

Ao MidiaNews, o tio do jovem, Matheus Borges, confirmou que o estudante continua preso e está tentando providenciar o alvará de soltura dele no Fórum.

O desaparecimento

Michael é natural de Presidente Médici (RO) e veio para a Capital mato-grossense em março do ano passado, após passar no vestibular. Ele mora com um primo no Bairro Jardim Leblon.

Conforme Matheus, na quinta-feira (18) à tarde, o estudante embarcou na rodoviária de Presidente Médici em um ônibus da empresa Itamarati, com destino a Cuiabá.

O tio disse que, na sexta-feira, por volta de 9h30, ele entrou em contato com sua irmã, dizendo que já estava chegando à Rodoviária de Cuiabá.

“No entanto, ele não apareceu em casa. O celular dele só dava desligado. Fui até a rodoviária conversar com o pessoal da empresa, mas sequer me deram a lista de quem estava no ônibus”, contou.

Matheus afirmou que o jovem é muito responsável.

“Ele não tem envolvimento com nada, não mexe com nada errado. Pelo contrário, é um menino muito dedicado, responsável”, afirmou.

Por: Folha Max

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook