PM prende bandido que obrigou vendedora a fazer sexo oral em Cuiabá

A Polícia Militar prendeu o jovem que roubou uma loja e obrigou uma funcionária da loja a fazer sexo oral nele, no bairro Jardim Imperial, em Cuiabá. O caso aconteceu no começo do mês de novembro na região do Jardim das Palmeiras, na capital.

Policiais chegaram ao criminoso por meio de denúncia de populares. Ele foi reconhecido como autor do crime contra a vendedora da loja porque sua imagem estava circulando os grupos de WhatsApp na região.

Adalberto José Damsceno Junior, 20 anos foi localizado e detido. Policiais identificaram que ele fazia uso de tornozeleira elétrica.

Diante dos fatos, o suspeito foi detido e levado para Central de Flagrantes.

O CASO

O criminoso se passou por cliente roubou e obrigou uma funcionária de uma loja de roupa a fazer sexo oral nele. Segundo a vítima, o homem chegou à loja quando ela estava sozinha. Ele “fingiu” ser um cliente e pediu para olhar algumas peças. Em seguida, saiu da loja.

Pouco depois, voltou armado e anunciou o assalto. O bandido perguntou se a proprietária estava no local e trancou a vítima no banheiro.

Após vasculhar a loja atrás de dinheiro, o homem tirou a roupa e obrigou a mulher fazer sexo oral nele. Após o ato, ele fugiu com uma bolsa, celular, o valor de R$ 200,00.

Por: Suelen Alencar