Carreata pró-Bolsonaro será realizada na tarde deste sábado em Mirassol D’Oeste
Apoiadores do candidato à Presidência, Jair Bolsonaro estão programando para a tarde deste sábado, 2...
Mirassol D'Oeste: Beneficiários do bolsa família devem realizar pesagem obrigatória
Fotos: Arquivo A Secretaria de Desenvolvimento Social convoca os beneficiários do programa Bolsa Fa...
Mirassol D'Oeste: PM apreende adolescente com faca após tentativa de roubo de celular
Policiais Militares do 17º BPM de Mirassol D´Oeste quando realizavam patrulhamento ostensivo na imed...
Juíza Selma Arruda lidera carreatas e apresenta propostas na Região Norte
Foto em Cáceres As carretas Pró-Bolsonaro lideradas pela juíza Selma Arruda, candidata ao Senado, m...
Ciro ataca repórter durante comício em Boa Vista
O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, atacou um repórter durante comício em Boa...
Bolsonaro sobe para 33% dos votos; Haddad salta para 16% e empata com Ciro em 2º, mostra pesquisa
Candidato do PT ultrapassa Ciro Gomes numericamente com um salto de 8% para 16%, mas empatado ainda ...
Carreata pró-Bolsonaro será realizada na tarde des...
Mirassol D'Oeste: Beneficiários do bolsa família d...
Mirassol D'Oeste: PM apreende adolescente com faca...
Juíza Selma Arruda lidera carreatas e apresenta pr...
Ciro ataca repórter durante comício em Boa Vista
Bolsonaro sobe para 33% dos votos; Haddad salta pa...

G1-MT
A lei de trânsito para o motorista embriagado que causar acidente com morte ficou mais rigorosa há um mês e, nesse período, dezesseis homicídios culposos foram registrados em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital, mas nenhum dos suspeitos está preso. Para as famílias e para a polícia, o sentimento é revolta e frustração.

Homicídios culposos no trânsito são assim registrados quando não há intenção de matar. Entre as vítimas do último mês está o universitário Marcos Dourado Herreira, de 29 anos, que morreu após ser atropelado por uma caminhonete que teria invadido a via preferencial, no dia 6 de maio, em Várzea Grande.

O motorista da caminhonete, Daniel de Deus Pereira, fugiu do local do acidente sem prestar socorro, mas foi preso em flagrante. Segundo a Polícia Civil, ele estava embriagado. Mesmo assim, foi liberado pela Justiça, que alegou superlotação nos presídios.

Outra vítima cuja família espera pela punição mais rígida prevista para o último mês é Angêlo Pedroso de Lima, que morreu dois dias depois de ser atingido por um carro desgovernado e em alta velocidade, próximo a uma casa noturna na capital.

O motorista era Genivaldo Helbert Santana da Silva, que não tem habilitação e se recusou a fazer o teste do bafômetro e os exames de sangue e de urina no Instituto de Medicina Legal. Só pelo exame clínico, não foi possível comprovar se ele estava embriagado

Genivaldo foi liberado logo após prestar depoimento na delegacia, o que causou revolta à família da vítima.

Segundo a Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), falta um melhor entendimento sobre a lei e o estado precisa de mais estrutura pra conscientizar os motoristas e combater a violêmcia no trânsito.

Lei mais rígida

Desde o dia 19 de abril, a lei prevê punições mais rígicas para homicídios culposos no trânsito. No caso de homicídio com comprovação de embriaguez, a pena, que era de dois a quatro anos de prisão, passou a ser de cinco a oito anos de prisão, que já pode começar em regime fechado. se a prisão for em flagrante, não cabe a aplicação de fiança.

Acidentes em 2018

Segundo a Deletran, até abril, foram registrados 34 acidentes com mortes na capital e 16 em várzea Grande. Já casos de lesão corporal culposa no trânsito são bem maiores no 1º quadrimestre: 621 casos em Cuiabá e 189 ocorrências em Várzea Grande.

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook