Nova rede do SAEMI irá melhorar abastecimento de água nos bairros Parque Morumbi II e III
Entrega da nova rede está prevista para o mês de setembro.  A equipe de expansão do Serviço Autônom...
Advogado oferece orientação jurídica gratuita a população carente
"Todo advogado tem a missão de ajudar a comunidade em que atua. Por isto, deve atuar também em favor...
PM de Mirassol D'Oeste apreende Hilux, após vistoriador da Ciretran constar que o motor estava cadastrado em veículo furtado
A apreensão ocorreu na tarde desta segunda-feira, 13, por volta das 17:50hs, durante uma vistoria La...
Mirassol D'Oeste: Prefeito convida população para audiência pública da Lei Orçamentária Anual 2019
A prefeitura municipal de Mirassol D’Oeste convida a população a participar da Audiência Pública par...
PROMOTOR NOTA DEZ: Em Mirassol, Justiça acata pedido do MPE e manda Estado e Detran dinheiro para reformar Ciretran
Crédito: IlustraçãoA Justiça acatou o pedido do Ministério Público Estadual e determinou que o Estad...
POLÊMICA: Concurso da PM do Paraná cobra 'masculinidade'
G1O concurso para cadetes da Polícia Militar do Paraná tem a masculinidade entre os 72 critérios de ...
Nova rede do SAEMI irá melhorar abastecimento de á...
Advogado oferece orientação jurídica gratuita a po...
PM de Mirassol D'Oeste apreende Hilux, após vistor...
Mirassol D'Oeste: Prefeito convida população para ...
PROMOTOR NOTA DEZ: Em Mirassol, Justiça acata pedi...
POLÊMICA: Concurso da PM do Paraná cobra 'masculin...

EXTRA
O sexo oral pode ser proibido em Uganda. A ameaça vem do presidente do país africano, Yoweri Museveni, de 73 anos.

"Permitam-me lançar um alerta público sobre práticas erradas das quais algumas pessoas participam e que são promovidas por alguns estrangeiros. Uma delas é o que chamam sexo oral", disse Museveni em discurso. "A boca é para comer, não para o sexo. Nós sabemos qual é o endereço do sexo, sabemos aonde é que devemos ir", acrescentou o líder, que vai lançar campanha para criminalizar práticas sexuais "condenáveis".

Museveni gosta de temas polêmicos. Em 2014, ele aprovou uma lei que punia até com prisão perpétua a prática consensual da homossexualidade. Sob muita pressão internacional, o governo anulou a lei meses depois.

Sexo oral é tema recorrente nos discursos do presidente, que prega a abstinência sexual para combater a disseminação do vírus da Aids. Anos atrás, ele comentou: "Você coloca a boca lá e você volta com vermes e eles entram no seu estômago, porque (a boca) é o endereço errado."

Museveni chegou ao poder em 1986, após uma revolta armada. Com 35 milhões de habitantes, Uganda ocupa a 163ª posição no ranking de desenolvimento humano (IDH) feito pela ONU.

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook