Carreata pró-Bolsonaro será realizada na tarde deste sábado em Mirassol D’Oeste
Apoiadores do candidato à Presidência, Jair Bolsonaro estão programando para a tarde deste sábado, 2...
Mirassol D'Oeste: Beneficiários do bolsa família devem realizar pesagem obrigatória
Fotos: Arquivo A Secretaria de Desenvolvimento Social convoca os beneficiários do programa Bolsa Fa...
Mirassol D'Oeste: PM apreende adolescente com faca após tentativa de roubo de celular
Policiais Militares do 17º BPM de Mirassol D´Oeste quando realizavam patrulhamento ostensivo na imed...
Juíza Selma Arruda lidera carreatas e apresenta propostas na Região Norte
Foto em Cáceres As carretas Pró-Bolsonaro lideradas pela juíza Selma Arruda, candidata ao Senado, m...
Ciro ataca repórter durante comício em Boa Vista
O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, atacou um repórter durante comício em Boa...
Bolsonaro sobe para 33% dos votos; Haddad salta para 16% e empata com Ciro em 2º, mostra pesquisa
Candidato do PT ultrapassa Ciro Gomes numericamente com um salto de 8% para 16%, mas empatado ainda ...
Carreata pró-Bolsonaro será realizada na tarde des...
Mirassol D'Oeste: Beneficiários do bolsa família d...
Mirassol D'Oeste: PM apreende adolescente com faca...
Juíza Selma Arruda lidera carreatas e apresenta pr...
Ciro ataca repórter durante comício em Boa Vista
Bolsonaro sobe para 33% dos votos; Haddad salta pa...

O primeiro ministro Benjamin Netanyahu disse neste domingo que Israel pode agir contra o Irã, não apenas contra seus aliados no Oriente Médio, se necessário, reiterando que a posição de seu país de que Teerã é a maior ameaça mundial.

Com tensões crescendo no Oriente Médio sobre o papel de Irã na Síria e no Iêmen e com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pressionando por uma abordagem mais forte contra Teerã, Israel busca apoio mais amplo para conter os problemas regionais.

Segurando uma parte do que ele disse ser um drone iraniano após incursão no espaço aéreo israelense no início deste mês, Netanyahu disse à Conferência de Segurança de Munique: "Israel não vai permitir ao regime colocar uma forca de terror em nosso pescoço.

"Vamos agir se necessário não apenas contra os aliados de Irã, mas contra o próprio Irã", disse ele.

Em seu primeiro discurso para o evento annual de Munique, do qual participam autoridades de defesa e segurança e diplomadas da Europa e dos Estados Unidos, Netanyahu pediu à audiência para conter o Irã imediatamente, mostrando um mapa com o que ele disse ser a crescente presença do Irã no Oriente Médio.

Por sua vez, o Irã rebateu. O chanceler MohammadJavad Zarif, que também discursou na conferência, chamou a apresentação de Netanyahu "um circo de história em quadrinhos, que não merece sequer uma resposta."

Zarif acusou os Estados Unidos de usar a conferência para "reviver a histeria" contra o Irã, e negou que Teerã esteja buscando "hegemonia" no Oriente Médio.


Por Robin Emmott e Thomas Escritt (Reuters)

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook