Prefeitura de Mirassol D'Oeste divulga resultado preliminar de seleção para Engenheiro Civil e Arquiteto-Urbanista
O objetivo é contratar dois profissionais, em caráter temporário a fim de suprir as necessidades do ...
Três suspeitos são presos em barraca de verduras usada para jogo do bicho
Militares do 4° Batalhão de Polícia Militar de Várzea Grande, conduziram três suspeitos de envolvime...
Sargento pula de carro em movimento; nada em rio e escapa da morte em Cuiabá
Militar foi rendido por criminosos ao chegar em casa no Recanto dos Pássaros Um sargento do Corpo d...
Governadora do Rotary Club visita prefeito de Mirassol D'Oeste
Considerando a relevância dos serviços prestados pelo Rotary no município de Mirassol D´Oeste, o pre...
TJ condena instituição de Mirassol por não acolher menor
Por decisão unânime, a Terceira Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso desp...
Obra mal planejada deixa crianças sem creche em Mirassol D’Oeste
Entre os dias 10 e 11 de outubro de 2018, estiveram em nosso município, técnicos da Associação dos M...
Prefeitura de Mirassol D'Oeste divulga resultado p...
Três suspeitos são presos em barraca de verduras u...
Sargento pula de carro em movimento; nada em rio e...
Governadora do Rotary Club visita prefeito de Mira...
TJ condena instituição de Mirassol por não acolher...
Obra mal planejada deixa crianças sem creche em Mi...

O efetivo empregado é de aproximadamente 400 (quatrocentos) militares.

O Exército Brasileiro e diversos Órgãos de Segurança Pública e Fiscalização inicia, em 14 de maio, a OPERAÇÃO ÁGATA JAURU 2, que visa reduzir a ocorrência de crimes fronteiriços e transnacionais na faixa de fronteira terrestre, bem como aumentar a presença do Estado Brasileiro na região.

A OPERAÇÃO ÁGATA ocorre desde 2011 e tem como bases o Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF) (Decreto nº 8.903, de 17 de novembro de 2016), a Estratégia Nacional de Defesa (Decreto Nº 6703, de 18 de dezembro de 2008) e a Constituição Federal.

O efetivo empregado é de aproximadamente 400 (quatrocentos) militares, oriundos do 2° Batalhão de Fronteira (Cáceres-MT), do 3º Batalhão de Aviação do Exército sediado em Campo Grande - MS, da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, 44º Batalhão de Infantaria Motorizado, Posto Médico de Guarnição, 13º Pelotão de Polícia do Exército, 13º Pelotão de Comunicações todos localizados em Cuiabá-MT, do 18º Grupo de Artilharia de Campanha (Rondonópolis-MT) e do 58º Batalhão de Infantaria Motorizado (Aragarças-GO). As tropas do Exército atuam em coordenação com outros órgãos de segurança e fiscalização ou isoladamente na faixa de fronteira do Estado de Mato Grosso.

É importante salientar que as ações ocorrem de forma conjunta e integrada entre as Forças Armadas Brasileiras e outros órgãos federais e estaduais na faixa de fronteira. Assim contamos com o apoio da Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Grupo Especial de Fronteira, Polícia Militar Ambiental, Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso, Instituto de Defesa Agropecuária, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, entre outras. A Seção de Comunicação Social do 2º Batalhão de Fronteira aproveita a oportunidade para convidar os veículos de comunicação para cobrirem a Operação.

Por: Assessoria

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook