Especialista em onça é contra remoção do animal do centro de Cáceres
O doutor em Ecologia pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Fernando Tortato, que é especi...
Boliviano morre em acidente em Cáceres
Na manhã desta quarta feira, 18/07, por volta das 07h00, Investigadores de plantão na 1DP de Cáceres...
Mulher de Eduardo Cunha é condenada a 2 anos e 6 meses
TerraA mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, foi condenada a dois anos e 6 meses pelo T...
Mulher é presa suspeita de torturar, abusar sexualmente e manter em cárcere um adolescente de 16 anos
G1Uma mulher de 33 anos, que não teve o nome divulgado, foi presa nesta quarta-feira (18), em Itumbi...
Time Salesiano de Cáceres conquista posição de destaque no Campeonato de Cosmópolis - SP
O Time Salesiano de Cáceres está superando as expectativas no Futebol Amador. Em recente torneio na ...
Polícia Civil de Mirassol D’Oeste abre seleção para estudantes de Direito
O estágio é de natureza não remunerada e sem vínculo empregatício de qualquer natureza com a Institu...
Especialista em onça é contra remoção do animal do...
Boliviano morre em acidente em Cáceres
Mulher de Eduardo Cunha é condenada a 2 anos e 6 m...
Mulher é presa suspeita de torturar, abusar sexual...
Time Salesiano de Cáceres conquista posição de des...
Polícia Civil de Mirassol D’Oeste abre seleção par...

O sargento do Exército, Andrei Surubi Ferreira, que estava lotado no 2° Batalhão de Fronteira em Mato Grosso, morreu depois de ficar 15 dias internado no Rio de Janeiro, para passar por um tratamento de queimaduras em todo o corpo. A morte do militar foi confirmada na última sexta-feira (13).

O acidente com aconteceu em março deste ano quando ele foi atingido pelas chamas de uma churrasqueira, quando ela explodiu.

No dia do acidente, Andrei confraternizava com outros colegas da profissão no destacamento Guaporé, em Comodoro (a 644 km a Oeste de Cuiabá). Além dele, o sargento Ronaldo Silva também ficou ferido, mas este se recupera em casa.

As causas da explosão ainda são investigadas, mas a hipótese da explosão seria por conta de um recipiente com álcool que estava perto da churrasqueira, a cerca de 5 metros.

Segundo informações do site Tangará em Foco, no dia do acidente os 2 sargentos foram socorridos e encaminhados para o hospital de Cáceres (225 Km a oeste de Cuiabá). Mas, devido a gravidade da queimadura foram encaminhados para um hospital particular de Cuiabá, e logo em seguida Andrei foi transferido para o Hospital de Queimados da Força Aérea Brasileira, no Rio de Janeiro. Porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.

O 2° Batalhão de Fronteiras comunicou a morte e lamentou a morte precoce do militar.

Confira a baixo a nota na íntegra.

O 2º Batalhão de Fronteira lamenta informar o falecimento do 3º Sgt ANDREI SURUBI FERREIRA em virtude do acidente doméstico ocorrido no 4º Pelotão Especial de Fronteira, na localidade de Guaporé, no município de Comodoro-MT, no dia 31MAR18.

O 3º Sgt ANDREI FERREIRA faleceu no dia 13ABR18 às 1400 h, no Hospital da Força Aérea do Galeão, Rio de Janeiro – RJ, por prováveis complicações respiratórias, em virtude de queimaduras de 2º grau em extensa área corpórea.

Após o acidente mencionado, o militar foi encaminhado para o Hospital São Matheus em Cuiabá-MT e posteriormente evacuado para o centro de tratamento de queimados no Hospital da Força Aérea, no Rio de Janeiro-RJ.

O 2º Batalhão de Fronteira vem prestando todo apoio necessário à família do militar e aguarda finalização do atestado de óbito.

Por: Gazeta Digital

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook