Professor atropela esposa ao ser flagrado com outra mulher

NEWS 365

Flagras de traição em relacionamentos amorosos nunca acabam bem. Mais um exemplo é de um professor identificado apenas como Sandro, de 46 anos, que terá muito o que explicar-se após um acidente na noite da última segunda-feira (6), ocorrido em Porto Velho, capital de Rondônia. O homem, que estaria com uma amante dentro de um Honda Civic no bairro Aponiã, teria sido flagrado pela esposa, de 32 anos, que preferiu não ser identificada. A mulher tentou descobrir quem era a tal amante e assim, tentou abrir a porta do veículo. A partir daí, toda uma grande confusão aconteceu.

A esposa, que estava numa moto Honda, teria parado ao lado do veículo e começado a discutir fortemente com o homem. Minutos após a discussão, a mulher, enfurecida, teria tentado abrir a porta do passageiro para pegar a amante. Nesse mesmo momento, assustado, o professor deu ré no carro e acabou atropelando a esposa. O homem, com medo de que fosse linchado, arrancrancou para fugir do local, mas a mulher agarrou-se no Honda Civic e foi arrastada por alguns metros.

A Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados e socorreram a vítima, que foi prontamente encaminhada para o hospital João Paulo II. A mulher apresentava inúmeros ferimentos no corpo. Antes de ser levada, o homem voltou ao local para identificar-se e prestar esclarecimentos. Para o marido infiel, a esposa foi a culpada de tudo e acabou causando todo o acidente. Mesmo assim, o professor foi submetido ao teste do bafômetro, que não identificou a ingestão de álcool.

Ainda conforme informações das autoridades, o homem arrancou e foi direto para casa. No entanto, quando não encontrou a mulher lá, voltou para o local, com medo de que algo tivesse acontecido. O professor garante que não desceu do carro antes da PM chegar porque ainda acreditava que os populares pudessem tentar agredí-lo. A mulher que estava com Sandro, a suposta amante, confirmou aos oficiais que a esposa teria sido a causadora de toda a confusão.

Mesmo assim, o professor acabou preso em flagrante pelo crime de lesão corporal e foi encaminhado a Central de Flagrantes.