Diretor do Cadeião de Cáceres chama agente de 'vagabunda'

O áudio revelado com exclusividade esta semana, abalou o sistema penitenciário de Cáceres em particular, e do estado como um todo. Expôs um diretor de presídio com a aquiescência de um superintedente, chamando todos os servidores de vagabundos, entre outros vários crimes administrativos que podem ser computados em uma conversa torpe e rasteira.

Chama atenção a fala quando se refere a Fabiana Amaral Andrade (foto), agente penitenciária na cidade. Claramente, ela é chamada de vagabunda.

As palavras usadas pelas autoridades investidas de fé pública, podem render prejuízos monumentais ao estado, inclusive indenizações por danos morais.

Em tempo: Até o momento a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos não se pronunciou sobre o caso, se encolhendo num silêncio comprometedor e constrangedor. 

Ouça o áudio:

Por: Muvuca Popular