Carreata pró-Bolsonaro será realizada na tarde deste sábado em Mirassol D’Oeste
Apoiadores do candidato à Presidência, Jair Bolsonaro estão programando para a tarde deste sábado, 2...
Mirassol D'Oeste: Beneficiários do bolsa família devem realizar pesagem obrigatória
Fotos: Arquivo A Secretaria de Desenvolvimento Social convoca os beneficiários do programa Bolsa Fa...
Mirassol D'Oeste: PM apreende adolescente com faca após tentativa de roubo de celular
Policiais Militares do 17º BPM de Mirassol D´Oeste quando realizavam patrulhamento ostensivo na imed...
Juíza Selma Arruda lidera carreatas e apresenta propostas na Região Norte
Foto em Cáceres As carretas Pró-Bolsonaro lideradas pela juíza Selma Arruda, candidata ao Senado, m...
Ciro ataca repórter durante comício em Boa Vista
O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, atacou um repórter durante comício em Boa...
Bolsonaro sobe para 33% dos votos; Haddad salta para 16% e empata com Ciro em 2º, mostra pesquisa
Candidato do PT ultrapassa Ciro Gomes numericamente com um salto de 8% para 16%, mas empatado ainda ...
Carreata pró-Bolsonaro será realizada na tarde des...
Mirassol D'Oeste: Beneficiários do bolsa família d...
Mirassol D'Oeste: PM apreende adolescente com faca...
Juíza Selma Arruda lidera carreatas e apresenta pr...
Ciro ataca repórter durante comício em Boa Vista
Bolsonaro sobe para 33% dos votos; Haddad salta pa...

O município de Mirassol D'Oeste recuperou, em apenas três dias úteis, 24% dos créditos junto aos contribuintes inadimplentes com o protesto extrajudicial. A informação é do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Mato Grosso (IEPTB-MT).

Ao todo, 150 títulos foram encaminhados a protesto, dos quais 100% foram recepcionados pelos Cartórios de Protesto. Desse total, 36 foram recebidos nos três dias, sendo que o restante foi protestado.

A cidade de Sorriso enviou 2.984 títulos, sendo 2.897 recepcionados pelos Cartórios de Protesto. Dos 2.897 documentos, 11,5% foi pago no prazo legal (três dias úteis).

Conforme a presidente do IEPTB-MT, Velenice Dias de Almeida e Lima, os percentuais apresentados pelos municípios mostram a efetividade do protesto. "O protesto extrajudicial é a ferramenta mais adequada para a recuperação de crédito, pois possibilita aos credores resolverem a situação em curto espaço de tempo. Não há burocracia e todo o procedimento é gratuito aos credores, ou seja, basta que apresentem os títulos e documentos de dívida. Todos os custos com os cartórios ficam a cargo do devedor".

De acordo com Velenice Dias, o protesto extrajudicial é o meio alternativo mais eficaz, célere e eficiente para os gestores públicos receberem os créditos de suas respectivas fazendas públicas. "O protesto extrajudicial prova a inadimplência ou descumprimento de uma obrigação e, o mais importante, interrompe a prescrição. Com isso, sem dúvida é um mecanismo fundamental para solucionar conflitos existentes entre credores e devedores. Como se sabe, as Certidões de Dívida Ativa (CDA's) de qualquer das fazendas públicas (União, Estados e Municípios) são títulos executivos extrajudiciais e, ao serem apresentadas a protesto, permitem ao devedor nova chance de quitar seu débito, sem necessidade de acionar o Poder Judiciário, isto é, tudo é resolvido de forma simplificada", finalizou.

Para saber mais detalhes de como enviar títulos e documentos de dívidas a protesto, entre em contato com o IEPTB-MT pelo telefone (65) 3621-3046 ou mande e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Por: Assessoria de Imprensa IEPTB - MT

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook