Especialista em onça é contra remoção do animal do centro de Cáceres
O doutor em Ecologia pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Fernando Tortato, que é especi...
Boliviano morre em acidente em Cáceres
Na manhã desta quarta feira, 18/07, por volta das 07h00, Investigadores de plantão na 1DP de Cáceres...
Mulher de Eduardo Cunha é condenada a 2 anos e 6 meses
TerraA mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, foi condenada a dois anos e 6 meses pelo T...
Mulher é presa suspeita de torturar, abusar sexualmente e manter em cárcere um adolescente de 16 anos
G1Uma mulher de 33 anos, que não teve o nome divulgado, foi presa nesta quarta-feira (18), em Itumbi...
Time Salesiano de Cáceres conquista posição de destaque no Campeonato de Cosmópolis - SP
O Time Salesiano de Cáceres está superando as expectativas no Futebol Amador. Em recente torneio na ...
Polícia Civil de Mirassol D’Oeste abre seleção para estudantes de Direito
O estágio é de natureza não remunerada e sem vínculo empregatício de qualquer natureza com a Institu...
Especialista em onça é contra remoção do animal do...
Boliviano morre em acidente em Cáceres
Mulher de Eduardo Cunha é condenada a 2 anos e 6 m...
Mulher é presa suspeita de torturar, abusar sexual...
Time Salesiano de Cáceres conquista posição de des...
Polícia Civil de Mirassol D’Oeste abre seleção par...

Imagem: Câmara de Vereadores de Curvelândia

A Câmara Municipal de Vereadores irá realizar nesta segunda-feira, 16/04, a apreciação de um Projeto Lei que dispõe sobre a inspeção industrial e higiênico-sanitária, dos produtos de origem animal no Município de Mirassol D’Oeste.

O projeto atende as exigências do órgão fiscalizador de produtos de origem animal e vegetal - IMA; o projeto cria as normas do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) de Produtos de Origem Animal (carne, leite, mel, ovos, peixes, etc.), aos produtores de pequeno e grande porte.

Hoje, a lei 833/2007 só prevê o abate bovino, e não autoriza os empreendedores e agricultores familiares a implantarem agroindústrias.

Segundo o Secretário de Desenvolvimento Sustentável, Gessimar Charles de Barros, a aprovação desse projeto é positiva para o município. “Essa aprovação dá condição para que o serviço de inspeção municipal seja implementado e possa fazer as inspeções necessárias nos mais diversos tipos de empreendimentos do setor das agroindústrias”, afirmou.

“Certamente que a aprovação do projeto de inspeção industrial, higiênico e sanitária, dos produtos de origem animal referente às agroindustriais de pequeno porte e agroindústrias artesanais, irá valorizar a visão empreendedora. É oportunizar o desenvolvimento da nossa cidade, com a adaptação da nossa legislação municipal, e assim garantir as nossas empresas o acesso ao mercado consumidor mais amplo, e atrair novos empreendimentos para nossa cidade”, complementa.

Na oportunidade, o Secretário convida a população a comparecerem amanhã na Câmara de Vereadores, para acompanharem a Sessão, as 18:30 horas.

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook