Mirassolense, sobrinho de mulher mais velha de Araçatuba, recebe moção de pesar pelo falecimento dela, em maio deste ano

Srª Catharina

Considerada a mulher mais idosa de Araçatuba, Catharina Pavan Ignácio, irmão do espotista jalesense, Nilton Pavan, morreu em MAI/2017, aos 109 anos. Ela tinha feito aniversário no último dia 14 daquele mês. Causas da morte não foram divulgadas.

FUNDAÇÃO

Catharina nasceu no mesmo ano da fundação de Araçatuba, em 1908. No entanto, ela era sete meses mais velha que a Capital do Boi Gordo. 

A idosa ainda era filha de Ângelo Pavan, um dos fundadores da cidade. Nascida em Jardinópolis (SP), teve nove filhos (quatro permanecem vivos), 16 netos e seis bisnetos. 

Catharina foi personagem de matéria da Folha da Região no ano passado, quando completou 108 anos. Na época, ela declarou que se sentia muito bem, apesar da idade. "Não tenho dor, nunca fiquei doente e fui poucas vezes ao médico. Só tive resfriado”, disse na época.

MOÇÃO DE PESAR

A Câmara de Vereadores de Jales aprovou Moção de Pesar pelo falecimento dessa centenária. O vereador, João Valeriano Zanetoni, encaminhou ofício ao mirassolense e família, manifestando o mais profundo pesar pelo falecimento dela, ocorrido no dia 31 de maio de 2017. Todos os vereadores votaram por unanimidade.

Morando hoje em Mirassol D´Oeste, Nilton Mário Pavan Alves sempre manteve contato com os amigos que deixou em Araçatuba e Jales, quando decidiu se tornar um "matogrossense".

Nilton Pavan