Delação vai implodir candidatura em MT

Uma colaboração premiada de um empresário de Cuiabá deverá sepultar a pré-candidatura do senador Wellington Fagundes (PR) ao Governo do Estado. Os depoimentos dados ao Ministério Público e outras provas já foram encaminhados nesta semana ao ministro Luiz Fux, relator da "Operação Ararath" no Supremo Tribunal Federal, que decidirá se homologa ou não o acordo.

O empresário deu detalhes há cerca de um ano de uma "consultoria de fachada" que teria faturado cerca de R$ 100 milhões na Secretaria de Infraestrutura de Mato Grosso. O moço teria envolvido o parlamentar republicano que era justamente o responsável por "plantar o serviço" e indicar o secretário da Sinfra durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (sem partido), que já até confirmou as declarações do empresário.

Destaques do Dia

Curtinhas

Variedades

Nacional & Internacional

Polícia & Judiciário

Curta-nos no Facebook