Papelaria Risk Rabisk

Parcialmente nublado

30°C

Parcialmente nublado

"Foi uma surpresa; esperávamos que Mauro assumisse o partido"

Presidente da Assembleia diz que membros da sigla vão se reunir para avaliar "debandada"

Alair Ribeiro/MidiaNews

 

O presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho: surpresa com filiação de Valtenir


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), classificou como surpresa o retorno do deputado federal Valtenir Pereira ao PSB. O parlamentar assinou a ficha de filiação na última quarta-feira (14) e foi colocado na presidência regional da sigla pelo dirigente geral Carlos Siqueira.

 

Em conversa com a imprensa, Botelho disse que todos esperavam que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, fosse assumir o comando do partido em Mato Grosso.

 

A sugestão foi feita a Siqueira após a destituição do então presidente, deputado federal Fabio Garcia, que votou favorável à reforma trabalhista de Michel Temer (PMDB), contrariando deliberação do diretório nacional.

 

“Eu recebi com surpresa. Foi uma surpresa para todos. Não esperávamos isso. Esperávamos que fosse colocado Mauro Mendes na presidência. Já tínhamos conversado isso, feito essa proposta para o presidente nacional, Carlos Siqueira, de que colocasse o Mauro Mendes e tirasse todos. Não tinha problema nenhum. Mas, de repente, ele veio com isso. Para nós, foi uma surpresa”, afirmou.

 

Recebi com surpresa. Foi uma surpresa para todos. Não esperávamos isso. Esperávamos que fosse colocado Mauro Mendes na presidência

O parlamentar disse que os líderes da sigla devem se reunir nos próximos dias para avaliar se ficam ou saem. Caso um saiam, todos sairão.

 

“Vamos discutir com todos os membros, não vamos decidir nada sozinho. Temos que chamar os prefeitos, os vereadores, os deputados estaduais e federais, para uma reunião. E essa decisão vai ser em bloco. Se tomarmos a decisão de sair, todos vão sair. Se ficar, todos vão ficar”, disse.

 

“Mas não quero fazer juízo sobre a vinda dele [Valtenir], porque não conversamos, não trocamos nenhuma ideia. Então, não vou fazer juízo disso”, completou.

 

Sintonia

 

O deputado federal Valtenir Pereira assinou a ficha de filiação do PSB na tarde de quarta-feira, na sede do partido em Brasília.

 

Em discurso, afirmou que retorna ao partido para “construir consensos”. Disse, ainda, querer ajudar a reposicionar a sigla em Mato Grosso.

 

“Sempre tive muita saudade do PSB, pela forma como o partido defende as políticas nacionais, como o PSB se organiza para cumprir a sua missão partidária. Ajudá-lo nesse reposicionamento, especialmente em Mato Grosso, é motivo de orgulho para mim”, disse.

 

Já Carlos Siqueira afirmou que o deputado retorna para garantir “sintonia” entre o PSB-MT e a direção nacional.

 

“Ele tem desempenhado suas tarefas políticas sempre com grande brilho e posicionamento correto frente às causas populares. Sabendo do reposicionamento do partido neste momento da política nacional, ele retorna à sua casa para contribuir neste processo, garantindo sintonia do PSB-MT com a direção nacional e com as causas populares”, disse Siqueira.