Papelaria Risk Rabisk

Parcialmente nublado

28°C

Parcialmente nublado

Comerciante é preso após beijar menina de 8 anos na boca

Conforme o boletim de ocorrência, a tia e a menor foram até o estabelecimento do comerciante, que aproveitou um momento de distração da mulher e chamou a menina em um canto, onde a beijou na boca.

A Polícia Militar levou o comerciante e as duas vítimas para a Central de Flagrantes e o caso foi registrado como estupro de vulnerável e lesão corporal.

O comerciante P.K.H, de 48 anos, conhecido como Japa, foi preso acusado de beijar a boca de uma menina de oito anos, no bairro Jardim Kenedy, na quinta-feira (7), em Cuiabá. O caso foi denunciado pela tia da criança.

Conforme o boletim de ocorrência, a tia e a menor foram até o estabelecimento do comerciante, que aproveitou um momento de distração da mulher e chamou a menina em um canto, onde a beijou na boca.

A tia contou que a menina relatou o fato na volta para casa. A mulher chamou a Polícia Militar e acrescentou aos policiais que durante o período em que esteve no estabelecimento, o comerciante chegou a apertar fortemente um de seus seios.

A Polícia levou o comerciante e as duas vítimas para a Central de Flagrantes e o caso foi registrado como estupro de vulnerável e lesão corporal.

Outro caso

João Batista do Nascimento, de 74 anos, foi preso no dia 27 de novembro, pela Polícia Judiciária Civil (PJC) de Paranatinga (387 km ao Leste de Cuiabá), acusado de estuprar várias crianças em uma escola municipal.

De acordo com o escrivão da PJC, Gustavo Fontes Leite, o acusado que é semianalfabeto, disse que só falaria em juízo. Antes de prestar depoimento, ele chegou a confessar os abusos.

João foi preso na casa dele, localizada no bairro Cohab Colina Verde, após a realização dos exames médicos que confirmaram o abuso sexual cometido em uma menina de sete anos, no qual, segundo a polícia, houve penetração vaginal.

Por: Repórter MT