Papelaria Risk Rabisk

Nublado

31°C

Nublado

Homem surra namorada grávida após ser flagrado com amante

NEWS 365

Um vídeo que está sendo compartilhado na internet mostra um homem, que foi identificado como Terence Pakkirie, surrando a namorada grávida no meio de rua da cidade de Durban, na África do Sul. Conforme testemunhas, a mulher estava discutindo com o homem por ter descoberto uma traição.

Além disso, a grávida acusava o "valentão" de não estar dando o suporte necessário para o filho que iria nascer. O vídeo foi inicialmente postado no Twitter e mostra a mulher, identificada apenas como Deshnie, abordando o homem e a amante.

Primeiro, pode ser ouvido da vítima se a mulher, que é casada, está tendo um affair com o homem. Depois, pergunta se o marido dela sabe sobre o caso. A amante confirma as duas perguntas. A vítima então começa a discutir e acusar o namorado sobre a falta de auxílio e a traição. Em determinado momento, Deshnie ainda afirma que contou tudo que estava acontecendo aos patrões de Pakkirie, que estaria trabalhando em um escritório de advocacia.

A discussão dura cerca de um mi minuto e meio, depois disso, o homem, que tem o dobro do tamanho da vítima, começa a dar vários socos na mulher que está grávida. A amante tenta segurar o agressor, mas ele segue dando golpes no rosto da vítima e ainda a pega pelo pescoço. A gravação termina com Pakkirie tentando sufocar a vítima, enquanto a amante segue tentando separar os dois.

O vídeo causou grande revolta nas redes sociais. Internautas do mundo inteiro ficaram chocados com a agressão, que aconteceu na rua e em plena luz do dia. Muitos afirmaram que o homem já deve ter agredido outras vezes a namorada e que ele deveria estar preso. Inclusive na África do Sul, os comentários pediam a detenção de Pakkirie. No entanto, o que surpreendeu, é que o agressor se pronunciou nas redes sociais, querendo livrar-se da culpa e ainda foi irônico, agradecendo que o fizeram famoso.

No seu Facebook, o agressor teria postado um trecho da conversa que levaria as agressões e teria dito que ninguém poderia julgá-lo sem saber toda a história. Logo, internautas responderam para ele, que não existe justificativa para agredir alguém daquela maneira. O homem continuou sendo duramente criticado.