Papelaria Risk Rabisk

Parcialmente nublado

23°C

Parcialmente nublado

PRF flagra militares da Marinha levando para o Rio armas e munições compradas no Paraguai

Divulgação/PRF

Cinco armas e mais de 1,2 mil munições foram apreendidas

Três tenentes da Marinha do Brasil, com idades de 28 e 29 anos, foram presos pela Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso do Sul na noite de sexta-feira (08), em ônibus interestadual que fazia a linha Ponta Porã/São Paulo. Eles transportavam cinco armas e 1.260 munições.

A equipe da PRF fazia fiscalização na BR-163, em Rio Brilhante, quando abordou o ônibus. Os policiais desconfiaram da “inquietação” dos três passageiros e nenhum deles informou detalhes da viagem. Ao fazer revista nos pertences dos suspeitos, a equipe encontrou várias munições na bolsa de um deles.

Os outros dois portavam arma de fogo, sem registro e com numeração raspada. A guarnição da PRF desconfiou de que havia mais armas e munições quando encontrou em outra bolsa mais duas espingardas desmontadas calibre 12 e com a numeração raspada; 1.260 munições de diversos calibres, sendo 900 de calibre 9 mm; 100 calibre .40, de uso restrito e 260 munições calibre 12.

Os três militares, que moram no Rio de Janeiro, disseram que compraram as armas e munições em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e iriam levá-las para a cidade carioca. Afirmaram ainda que vêm sendo ameaçados por traficantes daquele Estado e precisam do armamento para se “defender”.

Eles foram presos em flagrante e levados, junto com as armas e munições, para a Polícia Federal de Dourados, que deve dar continuidade às investigações para saber se a versão deles é verdadeira ou se o armamento estava sendo levado para o crime organizado. Eles devem ser autuados por tráfico internacional de arma de fogo e associação criminosa.

Por: Diário Corumbaense