Papelaria Risk Rabisk

Nublado

31°C

Nublado

Silval cita 91 empresas que participaram de esquemas em MT; veja a lista

Ex-governador mantinha relação espúria com empresas durante sua gestão

O governador Silval Barbosa (PMDB) citou o nome de 91 pessoas jurídicas em seu acordo de colaboração premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR). A lista inclui empresas que, direta ou indiretamente, colaboraram ou foram beneficiadas com as fraudes comandadas pelo peemedebista no período em que ele comandou o Estado.

Em sua colaboração, Silval revelou relação “espúria” que mantinha com as empresas e empresários. Elas participavam de esquemas de retorno de propina e até na lavagem de dinheiro público.

Ele também listou empresas de sua família. Entre elas, está o Grupo Continental de Comunicação, em que aparece como um dos sócios, junto com o irmão Antonio Barbosa e Tegivan Luiz de Moraes.

Silval também citou empresas de destaque nacional, algumas envolvidas também na operação Lava Jato. É o caso da Odebrecht e da Mendes Junior.

Desde que firmou delação, as declarações de Silval Barbosa já embasaram duas operações da Polícia Federal. A primeira é a operação “Descarrilho”, que apura fraudes no processo de escolha e execução do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos). 

Já a segunda foi a “Malebolge”, que teve como principais alvos deputados, ex-deputados e conselheiros do Tribunal de Contas. Eles são acusados de receberem propina na gestão de Silval Barbosa.

Veja a lista de empresas citadas por Silval: