Papelaria Risk Rabisk

Parcialmente nublado

28°C

Parcialmente nublado

Membros do Conselho Municipal do Idoso do biênio 2018/2019, realizam primeira reunião do ano

O encontro se deu na sala de reuniões, da Secretaria de Desenvolvimento Social, 12/01, em reunião Ordinária, para tratarem de ações de fortalecimento do Conselho, pautas e deliberações.

Presentes no evento, a Secretária de Assistência Social, Maria de Lourdes, o atual presidente do Conselho, Francisco Antônio de Mattos (Chiquinho Mattos), a vereadora Cléo Alves, Coordenador de Esporte, Alexisandro Paulino Gomes, Assistente Social, Eliane, Secretário Adjunto (Conselheiro), Fabio, presidente da Comissão de Direito do Idoso da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso, advogado Isandir Rezende, a Secretária do Conselho Municipal e Estadual, Elisângela Vicentini Fazolo da Silva, Secretária do Conselho, Morgana, entre outros.

Os integrantes são voluntários, não remunerados, sendo as atividades consideradas de interesse público relevante.

Em um primeiro momento, Elisângela Fazolo, falou com muita emoção do advogado Ivo Pereira da Silva, que já foi Conselheiro Municipal do Idoso, representando a sociedade civil, falecido no dia 26 de novembro de 2017. “Solicito ao Conselho a menção do nome do doutor Ivo, no Centro de Referência de Apoio a Pessoa Idosa (Cerapi), após os trâmites legais municipais,” disse.

Em suas palavras, o advogado Isandir Rezende fez menção à parceria da Defensoria Pública, na política pública de interesse da população idosa e, ao mesmo tempo criticou a participação nefasta da gestão anterior, mencionando o engessamento das ações em favor do idoso, cobrando também mais participação do Ministério Público, nessa mesma ordem.

Para o presidente que assume, Chiquinho Mattos, esse vê como uma grande responsabilidade pela frente: "A nossa responsabilidade aumenta a partir de hoje, e além das ações que já existem aos idosos na zona urbana e rural, com toda a equipe e com apoio do executivo e legislativo, agradeço aos que me confiaram esta responsabilidade e espero fazer um grande trabalho com toda a equipe," disse.

Sobre o Conselho:

O Conselho Municipal do Idoso (CMI) é um órgão deliberativo, controlador e fiscalizador da política de defesa dos direitos do idoso, criado pela Lei Municipal n.º033 do ano de 2003, composto por 20 membros, sendo 10 conselheiros titulares e 10 conselheiros Suplentes, representantes governamentais e não governamentais legalmente constituídas. O Conselho consiste, portanto, na união da sociedade civil com o poder público em prol da pessoa idosa.

O papel do CMI é acompanhar, fiscalizar e avaliar as ações direcionadas ao público idoso desenvolvidas na cidade de Mirassol D’Oeste e, além disso, defender seus direitos sociais e de cidadania.

O Conselho pode atuar, também, incentivando e apoiando a realização de eventos, proteção e defesa dos direitos do idoso; recebendo denúncias de desrespeito a esses direitos e adotando as medidas cabíveis.